01 dezembro 2017

[Resenha] Agora e para sempre Lara Jean - Por Jenny Han


Título: Agora e para sempre Lara Jean
[Para todos os garotos que já amei #3]
Autor (a): Jenny Han
Páginas: 304
Editora: Intrínseca
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon || Submarino || Americanas

Sinopse: Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean — aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las — foram enviadas aos destinatários sem explicação, e em P.S.: Ainda amo você Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta.
Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito — organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura —, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família — e, quem sabe, o amor de sua vida — para trás.
Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?


Resenhas anteriores:
Para todos os  garotos que já amei #1 - Para todos os garotos que já amei
Para todos os garotos que já amei #2 - P.s ainda amo você


*Observação: Apesar de esse ser o terceiro livro de uma série, a resenha não conta nada mais que as sinopses dos livros, e, ainda que leia somente essa resenha, conseguirá entender toda a história relatada aqui.


"— Ouça meu conselho, Lara Jean. Nunca diga não quando quer mesmo dizer sim."

Aos dezesseis anos, Lara jean era uma garota apaixonada por livros, por cozinhar e pela família, composta por ela, o pai viúvo e as duas irmãs, Kitty e Margot. No entanto, nessa idade, a adolescente teve de ver Margot, a irmã mais velha, deixando a casa para ir a uma universidade, como é o costume da maioria dos jovens americanos. Ao mesmo tempo, depois de uma discussão com Kitty, que era a caçula, algumas cartas que Lara Jean guardava, nas quais ela havia escrito para garotos por quem já tinha se apaixonado, foram enviadas para os tais destinatários, como uma forma de vingança aplicada pela rebelde Kitty. Então, a partir daí a vida da adolescente, que antes era pacata e comum se transforma enquanto cada um dos garotos vai recebendo as correspondências. Porém, após os fatos serem esclarecidos, a vergonha ter desaparecido e as coisas voltarem a se ajustar, Lara descobre que Petter, seu primeiro amor também é apaixonado por ela, e ambos embarcam em uma relação. Dessa forma, o tempo passa depressa, e logo chega o último ano do casal no ensino médio, o momento de escolher as universidades que cursarão, e também a hora de tomar algumas decisões.

"Eu me permito sonhar por um momento. Se eu entrar, o que mais quero que aconteça? Há tantas coisas que não consigo citar todas. Estou ansiosa para comer waffles todos os dias com Peter no refeitório. Para descer de trenó pelo O-Hill quando nevar. Para fazer piquenique no verão. Para passar a noite acordada conversando, depois acordar e conversar mais. Para lavar roupa de madrugada e fazer viagens de última hora. Para… tudo."

E é a partir desse ponto que se inicia o terceiro livro. Nesse último ano Lara Jean precisa tomar algumas decisões muito importantes e que definirão o resto de sua vida, principalmente em relação à universidade para a qual vai. Se não bastasse isso, seu pai resolveu se casar com sua vizinha, Trina, de quem ela e kitty gostam muito, mas isso também significa muito trabalho, em busca de proporcionar o casamento perfeito para o pai. Além disso, Lara percebe que ela e Peter talvez não consigam ir para a mesma universidade, e o que antes era um futuro certo e planejado se torna algo incerto, enquanto todas as pessoas ao redor acreditam que sabem o que é melhor para ambos e enquanto todos tentam lhe demonstrar que as fórmulas que eles já conhecem, também funcionariam com ela  própria.

"Tenho a sensação de que, quando eu tiver a idade de Stormy, as minhas grandes lembranças vão ser destes momentos do dia a dia: a cabeça de Peter inclinada, mordendo um cookie com gotas de chocolate; o sol entrando pela janela do refeitório, refletindo em seu cabelo castanho; ele olhando para mim."

Suscitando no leitor uma série de reflexões, e trazendo mais uma vez essa personagem incrível e cativante, Jenny Han faz com que nos coloquemos no lugar de Lara jean, e nos leva a percorrer esse caminho tortuoso e gratificante que são as decisões do início da vida adulta, ao mesmo tempo que consegue nos levar ao riso e às lágrimas com sua escrita tocante e encantadora.

"— Você não pode protegê-lo de se magoar, querida, não importa o que faça. Ser vulnerável, deixar pessoas se aproximarem, se magoar… tudo isso é parte de estar apaixonado."




Eu acompanho a trilogia Para todos os garotos que já amei desde o lançamento do primeiro livro, lá em 2015. E na época, algo me fez lê-la num impulso, pois eu já não era tão adepta dos gêneros mais juvenis, mas já naqueles tempos ela me foi uma surpresa maravilhosa. Depois de algum tempo, fui surpreendida ao saber que a autora lançaria um segundo livro como continuação do primeiro, e mais uma vez foi uma leitura cativante. E na mesma época, foi anunciado esse terceiro enredo, que finalizaria a trilogia, o que me deixou carregada de ansiedade para descobrir no que a vida de Lara Jean se transformaria. E agora, lendo esse livro, ele foi muito além de todas as expectativas que eu depositei nele. Foi um enredo que assim que li os primeiros parágrafos não consegui mais largar, e finalizei a leitura em 24 horas, com o coração aquecido, um sorriso bobo no rosto e já sentindo muita saudade de todos os personagens.

Lara Jean é uma narradora fascinante. Com um misto de leveza e drama ela consegue nos transmitir todas as suas dúvidas, angústias e problemas, e faz com que criemos um afeto intenso por ela e por sua família, e faz com que a compreendamos plenamente, e até mesmo me identifiquei em diversos momentos com as situações descritas pela personagem, pois tive muito essa situação de não me sentir ainda preparada para a vida adulta, de me questionar se estava seguindo o caminho correto e ainda sobre como seria o futuro. Ainda, ela não é uma daquelas garotas que só pensa em festas, maquiagem, garotos e em futilidades, não, ela é uma garota que é até mesma chamada de vovó pelos que vivem ao seu redor pois ama cozinhar, ler, fazer scrapbooks e ficar em casa com um moletom assistindo um filme, o que fez com que mais uma vez eu visse características minhas na personagem. Outro fator que me faz recomendar e amar ainda mais essa trilogia, é que ao contrário dos livros jovens de hoje em dia, ela não é uma obra focada no sexo. Obviamente, como todos os adolescentes, os personagens aqui tem essas curiosidades, falam sobre o tema, mas tudo de uma forma bastante leve e instrutiva, sem que isso se torne em nenhum momento excessivo e sequer demonstra cenas fortes.

Cabe ainda destaque para o fato de que eu adoro o modo como a autora aborda temas relevantes para a sociedade, tudo de forma leve e sem soar forçada, como a presença de um personagem gay, de uma personagem que resolve ter outro destino que não seja o da universidade, e também o modo como ela mostra as origens orientais da família, uma vez que eles são coreanos, e o modo como valorizam e lembram isso. Na realidade, eu poderia ficar horas aqui destacando todas as coisas incríveis que encontrei nesse livro, pois ele realmente me ganhou. Mas, isso certamente estragaria a surpresa do livro para cada leitor. Mas, ainda assim preciso falar do romance, como mais um ponto extremamente positivo e lindo que encontrei! Todos os romances aqui são tocantes e bonitos, principalmente os vários secundários que encontramos, mas o principal realmente rouba toda a cena e me fez suspirar por diversas vezes, e me fez, por alguns momentos, voltar àquela crença que temos na adolescência de que todo amor é eterno, toda dificuldade é superável e que tudo dará certo de alguma forma. Sim, Lara Jean e Peter me fizeram sentir assim, ainda mais por sua maturidade, por sua química e por termos um protagonista masculino tão fofo e diferente, que é romântico, faz tudo pela namorada, sem ser sufocante, e que principalmente a aceita da maneira como ela é.

Por outro lado, eu não consigo pensar em nenhum ponto negativo para destacar de minha parte, mas, sei que para leitores que não gostam de livros mais adolescentes, que trazem questionamentos e angústias dos personagens essa pode ser uma leitura desfavorável, ou, ainda para quem espera encontrar algo com cenas mais quentes, essa história também não é recomendada. Mas, independentemente do tipo de leitor que você seja, acredito que a trilogia Para todos os garotos que já amei é uma história única que vai mexer com você.

Todos os personagens dessa história são maravilhosos. Confesso que Margot, a irmã de Lara Jean, é uma das com quem eu menos me identifico desde o princípio da trilogia, mas isso se deve um pouco a seus modos de pensar e de agir. Já Kitty, a irmã caçula, é uma das minhas favoritas, e eu ficaria extremamente feliz caso a autora resolvesse preparar uma trilogia, ou série de dez livros, todinha dedicada a Kitty. Também, conforme já relatei acima, Lara Jean e Peter são o casal mais meigo da literatura, e é impossível não querer um amor do tipo do deles. Ainda, conseguimos acompanhar o eminente casamento do pai de Lara Jean, e isso me deixou bastante feliz, pois desde o princípio da trilogia ele se mostrou um homem extremamente dedicado as filhas, e que merecia encontrar novamente o amor.

O livro é dividido em 41 capítulos de tamanho razoável, é narrado em primeira pessoa e tem uma escrita que nos permite ler com agilidade e nos faz devorar a história, em busca de descobrir o que virá pela frente. Ainda, realizei a leitura da obra em ebook, e não há erros presentes na edição.

Recomendo essa história para todos os fãs de Lara Jean e sua história, e que a acompanharam desde o primeiro livro, mas também para os leitores que ainda não conhecem a trilogia, recomendo que a conheçam desde seu primeiro livro, e embarquem em uma linda história de amor, amizade e família, e de uma garota linda por dentro e por fora, e que traz em si pedaços de como cada um de nós fomos na nossa própria adolescência, nos deixando nostálgicos e apaixonados.

16 comentários:

  1. Só falta esse livro para eu completar a trilogia e os dois livros que li são maravilhosos, realmente histórias únicas que mexeram comigo.
    Não vejo a hora de ler este último livro e saber o desfecho deste livro.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tamara.... eu não disse ainda mas sou fã das suas resenhas pelo detalhamento de informações que tu nos dás.... é como se estivéssemos lendo os livros. Eu nunca pensei em ler essa série, mas depois dessa resenha, já anotei aqui.
    Bom, a vida não é fácil, e lógico que a vida da nossa protagonista está mudando e também está se complicando, não é mesmo? Casamento do pai, ida pra faculdade.... tudo o que a gente passa....[Mas quando a narrativa é boa, o livro se torna muito interessante.
    Adorei, anotei a dica aqui, obrigada.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Tamara, parabéns pela resenha, não conhecia a autora, mas vc me ganhou para ler os livros, fiquei super curiosa sobre a história e com esse final que pode mudar a vida dela e do namorado. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Terminei de ler esse livro a pouco tempo, e nossa! Maravilhoso! Amei demais a história da Lara Jean e todos os seus dramas, e mesmo sendo uma história adolescente, não vejo como não gostar! Acontece que já passamos por tudo aquilo, e conseguimos entender e nos colocar no lugar dela. Sou realmente apaixonada por essa trilogia!

    Um beijo, Pri:*

    http://poramoraoslivrospri.blogspot.com.br/2017/12/resenha-agora-e-para-sempre-lara-jean.html

    ResponderExcluir
  5. Não tive o prazer, ainda, de ler essa trilogia, apesar de já ter lido algumas resenhas. Seu entusiasmo me contagiou. Quero conhecer a escrita da autora e me apaixonar pela linda história! Dica anotada!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Não nego que eu adoro livros juvenis haha Estou com vontade de ler essa coleção já faz algum tempo, mas tinha certo receio de não gostar. Após a sua resenha, porém, só fiquei com ainda mais vontade e na primeira oportunidade vou adquiri-lo! <3

    Adorei a resenha, me conquistou!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Eu estou louca para ler os livros dessa série e adorei poder ler esta tua resenha sobre esse volume. Tenho certeza que quando eu for ler eu vou me apaixonar. Acho as capas belíssimas e sei que a história também é.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Não li ainda essa trilogia. Apesar de ser o tipo de gênero que gosto, não sei se estou no momento certo, sabe? Sei que a autora tá bem queridinha por aí, e acho que eu vou gostar muito da literatura dela, e fico feliz por ser algo que dê prazer de ler. O último quote: que tapão na cara, hein, ainda tô no chão.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Tamara!
    Eu nunca mais li nenhuma resenha sua, e fiquei bem feliz em retomar esse habito. Eu ainda não li o terceiro livro da trilogia, porque estava sem vontade de ler. Mas, depois da sua resenha eu fiquei muito feliz em saber que além de finalizar a trilogia em grande estilo a autora colocou mais romance neste último.
    Adorei a dica querida, e vou começar a ler ainda essa semana.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  10. EU li o primeiro livro da série e não gostei muito... Sinceramente, a história não me convenceu e eu não consegui gostar muito da Lara Jean e muito menos da Margot, que me irritou demais. Sei que não é uma opinião muito comum, mas realmente não gostei do livro.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  11. Oii tudo bem??

    Apesar de estar na lista de próximas leituras não tive aquela vontade imensa de ler ainda. Você gostar da historia dessa forma me fez ter uma pontinha de vontade. Mas acho q me encaixo na lista dos q não gostam de dramas adolescentes, ainda não me decidi ler ou não. Mas adorei a resenha.
    Bjs Rafa

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente ainda não consegui ler esta série, apesar de conhecer todos os livros. Que legal que a cada livro a autora consegue deixar o leitor ainda mais encantado pela história de Lara Jean.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?

    Sempre vi a capa desses livros e ficava naquela indecisão "comprar e ler ou não?", e nunca "respondia" essa indecisão. Agora, lendo sua resenha já sei o que fazer: comprar e ler com urgência! Já imaginava que iria gostar da história, agora tenho certeza!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Tamara!
    Eu já li a respeito da série, mas achei que por ser "teen", acho que não é meu estilo. Não que não goste de YA, mas tem algumas histórias de adolescentes no ensino médio/high school que não consigo mais engolir. Em todo o caso, parece ser um livro bem "flufy", daqueles que dão um ótimo filme de sessão da tarde. Vou deixar como dica de leitura.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  15. Oiie
    Esse deve ser um livro tão fofo e leve, pra se ler em pouco tempo. ADoro leituras assim e vejo muitas pessoas comentando super bem sobre esse livro, o que só me deixa mais curiosa pra ler. Vou tentar ler em 2018 kk amei sua resenha.
    Bjos, Bya! ��

    ResponderExcluir
  16. Oii Tamara! Mais uma resenha linda <3 Adoro seus textos! Eu gosto muito de livros jovem adultos e essa trilogia me chama atenção já há bastante tempo. Sempre que leio alguma resenha minha vontade de ler é renovada, e agora não foi diferente. Já coloquei nas metas para o próximo ano e espero gostar bastante também da história da Lara! :D

    Super beijo!

    ResponderExcluir