14 setembro 2017

[Resenha] Sangue de Princesa – Por Mayrluci M. Kappes



Título: Sangue de Princesa
[Reinado #1]
Autor (a): Mayrluci M. Kappes
Páginas: 256
Editora: Pandorga
Skoob || Goodreads
Compre: Amazon || Saraiva || Submarino
Sinopse: Após um convite inesperado do rei a vida de Aurora Avin passa de pacata e desinteressante para uma vida cheia de romances, aventuras e mistérios a serem resolvidos...
Tudo o que era antes simples para Aurora se torna complicado. Sua amizade com o comandante Cassian se torna um pequeno desastre amoroso e sua paixão pelo príncipe Matthew se torna insuportável de evitar.
Três corações envolvidos um deles terá de se quebrar?
Descubra lendo "Sangue de Princesa".


O livro se passa no ano de 2154. Aurora Avin é uma criada no palácio de Gade. Sua tia, Sonya, a criou desde que ela tinha cinco anos, já que ela nem ao menos chegou a conhecer seus pais. Sua vida é simples, pacata e sem grandes emoções: convive diariamente com a tia e seus dois melhores amigos, Cassian e Roza, e junta dinheiro para um dia comprar uma casa para a tia. Até que as coisas mudam quando ela recebe um convite inesperado.

O rei, Thomas Avine, a convida para comemorar seu aniversário (o aniversário da Aurora) de 17 anos com uma grande festa no palácio. Uma festa que foi mais que um sonho para Aurora, com um vestido maravilhoso, joias, uma máscara com pedras preciosas... Até com o príncipe ela dançou! Mas, claro, não poderia revelar-lhe que estava dançando com uma criada.

- Ok. Então vou dançar com você até que descubra. - Cassian me apertou mais forte e me girou no ar.
Joguei a cabeça para trás e dei risada, eu estava feliz por estar dançando com Cassian ali no centro do baile de meu aniversário. Assim que ele me pôs novamente no chão, um leve tremor me atingiu. Eu o encarei por um instante e comecei a falar para retrair a sensação nova e estranha que pulsava em minhas veias.
- Uma hora você terá que parar de dançar, Cassian.
- E uma hora você terá que escolher, senhorita.


No entanto, no dia seguinte é hora de acordar do sonho e voltar à realidade. Só que isso pode não ser tão simples quanto parece. Tudo fica mais complicado após a leitura de um testamento, a paixão cada vez mais evidente do comandante Cassian por Aurora, sua nova função como “assistente” do príncipe e uma guerra prestes a estourar.






Honestamente, fiquei em dúvida se escreveria ou não essa resenha. Porque, sob pena de escrever uma resenha incompleta e/ou escrever inverdades, eu não poderia deixar de fazer algumas críticas. Decidi escrever, pois acho que, no geral, é uma história muito boa que merece ser compartilhada.

Chacoalhei a cabeça e tentei esquecer esse pensamento, eu era uma criada, mas não podia deixar que esse fato me atribuísse inferioridade. Hoje eu seria somente Aurora Avin, a menina sem pai e mãe que fora criada por uma tia maravilhosa e que estava se sentindo apaixonada e encantada por dois garotos.

O livro é uma mistura de conto de fadas, (o próprio nome da personagem principal, Aurora, já deixa isso claro), com uma pegada do que vemos na trilogia A Seleção, só que com um pouquinho mais de mistérios e intrigas envolvendo o enredo. A personagem principal, Aurora, é uma garota doce e extremamente inocente, a típica donzela que precisa ser protegida. Como se trata de uma trilogia, espero que nos próximos volumes ela seja mais independente e aprenda a se defender.

O enredo está recheado de clichês (não que isso seja uma coisa ruim), e um deles é o triângulo amoroso. Aurora se vê dividida entre a paixão pelo Comandante Cassian e o envolvimento com o príncipe Mattew. Dois mocinhos que, digamos, não deixam nada a desejar nos quesitos beleza e atitude. Sinceramente, eu não sei por quem estou torcendo, apesar de que tenho uma teoria que poderia impedir o envolvimento dela com um dos dois.

Lutei para manter o controle diante dela, pois sabia que, se o perdesse, seria capaz até de me jogar ao chão para que ela pudesse passar por cima de mim apenas para que a barra de seu vestido não se encontrasse no chão e se sujasse, estragando-o.

E esse é um aspecto extremamente positivo para mim: o enredo está repleto de mistérios e intrigas. Permitindo ao leitor criar diversas teorias durante a leitura. Chega um dado momento em que começamos a desconfiar de tudo e de todos.

A maior crítica que tenho a fazer é em relação à revisão. Eu nunca li um livro com tantos erros de revisão. E espero sinceramente que isso seja corrigido nas próximas edições, até porque a edição está linda: achei a capa maravilhosa, e, no miolo podemos ver o cuidado que foi tomado com os detalhes.

Eu gostei da escrita da autora, achei rápida e fluída, mas tenho uma ressalva em relação ao início do livro, que demorei um pouquinho para entender. E isso não aconteceu porque as coisas foram reveladas aos poucos e sim porque eu achei confuso mesmo. Eu entendi a proposta da autora, e achei uma boa ideia, no entanto, acho que faltou um pouco de organização.

Devo salientar que isso aconteceu somente no começo do livro, nos três primeiros capítulos, e que uma revisão cumulada com alguns ajustes resolveriam o problema. No entanto, a escrita da autora é bem gostosa de acompanhar e os capítulos são curtos e muito bem divididos, tanto que finalizei a leitura em dois dias de pouca disponibilidade.

A leitura é indicada para quem gosta de uma boa releitura de conto de fadas e gosta de criar teorias e desvendar mistérios durante a leitura. É um livro bem leve e gostoso, até tentei me conter para ler mais devagar, já que o próximo livro da trilogia tem previsão para sair somente em dezembro, mas falhei lindamente.

Ficou com curiosidade e quer degustar? A autora disponibilizou os três primeiros capítulos em um grupo no facebook (aqui). Espero que tenham gostado da dica. Até logo menos!

15 comentários:

  1. Oie!
    Ainda não conhecia o livro, mas achei a trama interessante, mesmo com os pontos negativos que encontrou na durante a leitura. Vou anotar essa dica para conferir futuramente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Não conhecia nem a autora, nem o livro. Simplesmente amei sua resenha! Adorei a seleção, mas infelizmente esse livro não me chamou a atenção!
    Obrigada pela dica!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Acho bacana que mesmo cheio de clichês, o livro te agradou bastante. Ainda não conhecia a obra e já fiquei curiosa. Se estava em duvida quanto a resenha, saiba que fez muito bem tela escrito.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Não conhecia livro nem autora mas não me interessei muito não infelizmente.Como você comentou pareceu uma releitura mas se passa em 2100 e poucos ou seja no futuro, e trata de princesas e castelos, não sei pareceu bem confuso para mim, e tem o fato de você falar que está cheio de erros de revisão infelizmente não tenho vontade de conhecer de perto.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2017/09/jantar-secreto-de-raphael-montes.html#comment-form

    ResponderExcluir
  5. Heiii, tudo bem?
    Desde o lançamento de "Sangue de Princesa" que eu quero ler, ainda mais com essa capa linda, sempre gosto de conhecer os novos autores.
    O livro ainda nao tinha lido nada da sinopse para nao pegar spoiler e por ser a primeira resenha, me deu uma boa impressao e fiquei curiosa com o enredo.
    Com certeza vou ler, ainda mais depois de tantos pontos ressaltados.
    Amei a dica.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  6. Podia eu receber o convite de um rei rsrs.
    Pela capa já se nota essa mistura de conto de fadas com "A Seleção" e esse janela para se criar teorias é boa, nos faz ansiar pelo desfecho.
    Gostei de conhecer o livro, parece ótimo para leituras despretenciosas.

    Boa semana Barbara
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/.

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Já tinha lido resenhas desse livro antes, mas sabe que não tenho curiosidade de ler? Até parece ser bacana e tudo o mais, principalmente por causa do triângulo amoroso, dos clichês e das partes que se parecem um pouco com A seleção. E eu ando em busca de histórias mais pesadas, sabe? hehe'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi tudo bem?
    Não conhecia esse livro mas a pessoa que ama romances de época e também bons triângulos amorosos já está pulando aqui dentro de mim, anoitei a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Lendo a sua resenha,deu pra perceber que o livro tem uma mistura de A seleção com Cinderela,o que parece ser bem interessante!

    ResponderExcluir
  10. Oi lindona,

    Eu leria só por causa das intrigas hahaha, porque adoro barraco em livros, porque tiram os personagens da zona de conforto e o mistério tira aquela monotonia dos clichês de contos de fadas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá! Que capa linda! Eu amei! Mas admito que essa sinopse me lembrou TOTALMENTE de A Seleção. Não acho que leria, infelizmente, ainda mais se possui inúmeros erros de revisão como você fala. Quando eu vejo um eu deixo passar, mas quando vem outros eu começo a me estressar e fico agoniada com a leitura, não sei explicar. Mas enfim, gostei da sinceridade de sua resenha ♥

    um beijo

    ResponderExcluir
  12. Oii, Barbara

    Aiiii, que chato que tem muito erro de revisão! =/ Acho isso tão falta de cuidado... o que é uma pena, pois a capa é linda. Cheguei até a pegá-lo na mão na Bienal, mas não sabia nada a respeito dele e sequer tinha lido uma resenha, mas agora sabendo um pouco sobre a história acho que não leria, não faz muito meu estilo e detesto triângulos amorosos! hahahha

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, bárbara. Provavelmente a revisão meio falha seria algo bem irritante para mim, e atrapalharia no fato de eu gostar do livro, mas deixando isso de lado, achei bacana que a autora soube criar várias reviravoltas, a ponto de deixar sem saber qual seria o rumo certo. Tomara que o segundo livro seja melhor e que traga uma revisão mais caprichada.

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem??? Assim que li Aurora ja fiquei pensando se se tratava de uma releitura. Eu amoooo releituras! Nossa, sei como é essa questão dos erros. As vezes o livro é até bom mas quem disser que não se incomoda ta mentindo, atrapalha demais!!!! Espero que corrijam isso mesmo porque até fiquei empolgada pra ler. Bjosssss

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    não conhecia esse livro que me deixou mega interessada, já tem tempo que não leio livros estilo a seleção e as vezes isso me bate uma saudade rs' gostei da premissa do livro, mesmo parecendo clichê, mas eu amo isso! Adoro releituras de contos de fadas, só não gosto muitnde triângulos amorosos, mas faz parte, anoitei a dica e gente, que capa lindaa.. a editora Pandorga vem arrasando nas edições e títulos!

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir